Sindjus-RS: mobilização segura avanço do projeto de extinção de cargos

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Graças aos esforços dos trabalhadores mobilizados com a direção sindical na Assembleia Legislativa nesta terça-feira (3), os líderes das bancadas não incluíram o PL 93/2017 na Ordem do Dia da sessão Plenária do dia 10, próxima terça-feira. Além de acompanhar a reunião da CCJ, onde o projeto de reposição salarial do Judiciário (218/2017) teve novo pedido de vista, desta vez do deputado do PTB, Elisandro Sabino, dirigentes e servidores dialogaram com os deputados e deputadas, especialmente os líderes de bancadas.

Assim como a categoria, os parlamentares aguardam posicionamento do Tribunal de Justiça sobre a proposta apresentada pelo Sindjus para transformar os cargos de Oficial Escrevente em Técnico Judiciário, permitindo aos mais de 3 mil servidores que tenham a possibilidade de progredir na carreira. Enquanto isso, a Administração do TJRS segue se movimentando e pressionando deputados de todos os partidos para que façam avançar a proposta.

Conforme destaca o coordenador do Sindjus, Fabiano Zalazar, essa postura mostra a importância do enfrentamento e da mobilização da categoria. “Estamos mostrando nossa força e nosso empenho para defender nossos direitos. Por isso, é fundamental a participação dos trabalhadores e trabalhadoras de todo o RS no ato e na Assembleia Geral da categoria, que ocorrem no dia 10 de setembro, em frente ao TJRS”.  

Comments

comments

Compartilhar