Fenajud convoca sindicatos para 1º de maio em defesa da Previdência

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Atos ocorrerão em todo país e tem como objetivo barrar a tramitação da reforma que irá prejudicar apenas a classe trabalhadora do país. Federação orienta que as entidades sindicais realizem debates em suas bases com especialistas no tema.

 Em consonância com a conclamação das centrais sindicais, a Fenajud (Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário nos Estados) convoca todos os seus sindicatos filiados para o 1º de Maio em Defesa da Previdência. Os atos ocorrerão em todo país em resposta à tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6, admitida pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados.

A Fenajud alerta que essa luta é fundamental neste momento, porque a PEC encaminhada ao Congresso Nacional quebra o tripé da Seguridade Social, põe fim à solidariedade e propõe colocar o sistema previdenciário em lei ordinária, o que permite mudanças a qualquer momento pelos governos, sem precisar de 2/3 do Congresso.

Se a PEC for aprovada como está, vai acabar com as perspectivas de aposentadoria para a maioria dos brasileiros, em particular os mais pobres, com imposição de idade mínima e fim da aposentadoria por tempo de contribuição. Além de prejudicar todos os servidores públicos que atuam no país.

Debates

Além disso, a Federação orienta as entidades sindicais filiadas quanto a necessidade de realizarem debates sobre a ‘reforma’ em suas bases, com especialistas no tema.

“Neste momento é de extrema importância que os trabalhadores conheçam o conteúdo do que está em debate no Congresso e quão danosa é esta proposta. É papel dos sindicatos de todos os estados levem conhecimento por meio de debates, aos servidores, aos trabalhadores da iniciativa privada e a população em geral”, aponta a colegiada.

Atos no país

Confira abaixo onde vai ocorrer o ato em sua cidade:

Bahia

 

14h – 1º de Maio unificado no Farol da Barra, em Salvador

 

Brasília

 

13h – Ato no Taguaparque, na cidade de Taguatinga (DF).

 

Ceará

 

15h – Ato unificado na Praia de Iracema, em Fortaleza, com concentração na Avenida Beira Mar, próximo ao espigão da Rui Barbosa.

 

Goiás

 

14h – Concentração na Praça Cívica, em frente ao coreto

 

17h – Ato político e atividades culturais com shows e outras atrações na Praça Universitária

 

Mato Grosso

 

16h – Ato político e cultural, com artistas regionais, na Praça Cultural do Bairro Jardim Vitória, em Cuiabá

 

Mato Grosso do Sul

 

9h às 12h – Ato unificado do 1º de maio na Rua Anacá com a Rua Barueri, bairro Moreninha II

 

Paraíba

 

14h – Caminhada com concentração em frente ao Centro de Zoonoses dos Bancários

 

17 – Ato cultural no Mercado Público de Mangabeira

 

Pernambuco

 

9h – Concentração na Praça do Derby, em Recife

 

Piauí

 

8h – ato do 1º de maio na Praça da Integração, em Teresina.

 

Rio de Janeiro

 

9h às 14h – ato na Praça Mauá, com barraquinhas para coleta de assinaturas do abaixo-assinado contra a reforma da Previdência, além de outras atividades organizadas pelos sindicatos e movimentos populares

 

14h às 17h – os trabalhadores e trabalhadoras sairão em bloco pelas ruas, intercalando bloco e fala política das centrais sindicais e movimentos que compõem as frentes Brasil Popular e Povo sem Medo

 

Sergipe

 

8h – concentração do ato na Praça da Juventude – Conjunto Augusto Franco. Em seguida, caminhada em direção aos Arcos da Orla de Atalaia, onde ocorrerá um ato político e cultural com coleta de assinaturas do abaixo-assinado contra a reforma da Previdência.

 

Rio Grande do Sul

 

– Porto Alegre

15h – Ato na Orla do Guaíba

 

– Caxias do Sul

14h – Ato nos Pavilhões da Festa da Uva

 

– Bagé

14h – Concentração na Praça do Coreto, com caminhada pela Avenida 7 de Setembro

 

– Erechim

10h – Concentração no Bairro Atlântico

 

– Passo Fundo

14h às 17h – Ato no Parque da Gare

 

– Pelotas

14h às 18h – Ato com mateada e atividades artísticas na Praça Dom Antônio Zattera

 

– Santa Maria

10h às 17h – Atividades com ato ecumênico, almoço coletivo, apresentações culturais, mateada, lançamento do Comitê Regional contra a Reforma da Previdência e ato público no Alto da Boa Vista, no bairro Santa Marta

 

– Ijuí

14h – Concentração seguida de ato na Praça Central

 

Santa Catarina

 

– Florianópolis

9h30 – Debates sobre a “reforma” da Previdência e atividades culturais na comunidade do Mont Serrat

 

– Palhoça

Debates sobre a “reforma” da Previdência e atividades na ocupação Nova Esperança

 

– Blumenau

15h – Ato público em defesa da Previdência na Praça da Prefeitura

 

São Paulo

 

– Campinas

9h30 – Concentração no Largo do Pará com caminhada até o Largo da Catedral

10h30 – Ato no Largo da Catedral

11h – Ida para São Paulo, no Vale do Anhangabaú

 

– Osasco

6h30 – 11º Desafio dos Trabalhadores, tradicional corrida e caminhada de rua, com concentração a partir das 6h30.

 

– São Bernardo do Campo

9h – Concentração na Rua João Basso, 231, com procissão até a Igreja da Matriz

9h30 – Missa

 

– Sorocaba

14h às 22h – O Sindicato dos Metalúrgicos organiza um ato político-cultural no Parque dos Espanhóis, com a presença de Ana Cañas, Detonautas e Francisco El Hombre, entre outros

 

 

Comments

comments

Compartilhar