Nota Pública – Fenajud cobra imparcialidade e investigação efetiva no âmbito da Lava Jato

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

A Fenajud (Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário) vem a público se posicionar sobre as conversas divulgadas pelo site The Intercept Brasil – publicadas neste domingo (09) – entre o então juiz e atual ministro da Justiça e Segurança Pública do governo Bolsonaro, Sergio Moro, com o procurador Deltan Dallagnol, que sinalizam para um direcionamento das investigações da operação Lava Jato. Caso essa ilegalidade seja confirmada, trata-se do maior escândalo da história da República brasileira.

O conteúdo das mensagens de Telegram, vazadas pelo jornalista Glenn Greenwald e sua equipe – os quais afirmam que serão divulgados em uma série de reportagens – apontam para o fato de Moro ter sugerido a Dallagnol que trocasse a ordem de fases da Lava Jato. O então magistrado, conforme as conversas divulgadas, cobrou agilidade em novas operações, bem como orientou estratégias da acusação, além de dar pistas informais de investigação. Ele também teria antecipado decisão, criticado e sugerido recursos ao Ministério Público. Em síntese, o ex-juiz teria tratado Dallagnol como se fosse um superior hierárquico dos procuradores e da Polícia Federal.

Esta federação acredita que os fatos que vieram à tona provoca falta de credibilidade na justiça e leva a uma fragilidade diante do poder público. Pois, a matéria do veículo demonstra um grau de intimidade impressionante entre acusação e juiz, que, obrigatoriamente deveriam estar afastados para garantir a imparcialidade e isenção do magistrado ao julgar os casos da Lava Jato.

É imprescindível, para o restabelecimento da democracia, que haja uma investigação imparcial e séria no âmbito da Lava Jato. Há que se falar que a democracia, algo tão defendido por esta entidade, a se confirmar os fatos divulgados, foi ferida em sua totalidade.

A Fenajud, representante dos trabalhadores e trabalhadoras do judiciário nos estados, quer um Poder Judiciário independente, imparcial e comprometido com a verdade.

Por isso, cobra urgente e imparcial apuração dos fatos.

Por um Judiciário democrático e submetido ao controle popular!

Fenajud.

Comments

comments

Compartilhar