Sindjud-PE: Alerta TJPE! Servidor mobilizado é servidor valorizado!

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Na última assembleia geral extraordinária, dia 23/04, a categoria aprovou por unanimidade  dias de mobilização para dar visibilidade a campanha salarial.

No dia 7 de maio ocorrerão atos descentralizados, entre 9h às 12h no turno da manhã e de 13h às 16h no turno da tarde, e no dia 21 de maio, às 14h, o ato unificado no Fórum Rodolfo Aureliano.

 

É uma paralisação?

Não! É o momento de mobilizar os colegas na base para a importância da campanha salarial desse ano, que além de lutar pelos “se” (mais 1,2% em maio e 2% em setembro) envolve, ainda, a disputa para que no orçamento de 2020 (que é definido esse ano) seja contemplado o reajuste do IPCA, mais o parcelamento das perdas históricas da categoria. Tal mobilização implica, no máximo, uma suspensão momentânea do atendimento ao sair para registrar o ato entre os horários estabelecidos.

Portanto, são atos para dar visibilidade a nossa campanha salarial e servir de pressão da categoria para as reuniões de negociações com a direção do TJPE. Por isso mesmo a atividade se chama: “Alerta TJPE! Servidor mobilizado é servidor valorizado!”

 

Se não é paralisação, porquê horários definidos para o dia 7 de maio?

Da mesma forma que uma assembleia não é uma paralisação e tem horário definido, tais atos precisam ter uma concentração de horários. Foi debatido e aprovado em assembleia que esses seriam os melhores horários para mobilizar os colegas.

 

Qual a importância desses atos?

O TJPE entende que em termos de reajuste de IPCA o ano de 2019 está garantido, excetuando-se o cumprimento do acordo dos “se”, que depende do repasse do Governo do Estado. Ou seja, além de lutar por mais esse acréscimo, a nossa luta é pelo orçamento de 2020, dentre outras pautas importantes, como a retirada do mestrado como exigência para progressão funcional, extensão do auxílio saúde aos inativos e equiparação do auxílio alimentação com os magistrados.

Essas mobilizações podem influenciar decisivamente para os rumos dessa campanha salarial. É preciso agir e mostrar força e união para garantir nossos pleitos.

 

Qual a diferença para o dia 7 e o dia 21 de maio?

No dia 7 de maio serão atos descentralizados, em cada unidade de trabalho e fórum. Mostrar força em toda região do Estado.

No dia 21 de maio, a partir das 14h, será um ato unificado no Hall Monumental do Fórum Rodolfo Aureliano. Realizar um grande ato unificado, culminando com o processo de mobilização das bases.

 

Vigília no Palácio da Justiça

No dia 7 de maio às 15h tem a segunda reunião da mesa de negociação, a primeira sobre as pautas de impacto financeiro. O SINDJUD-PE está organizando uma vigília em frente ao Palácio da Justiça a partir das 14h. Portanto, essa atividade também compõe o ato “Alerta TJPE!”. Servidores dos prédios Thomaz de Aquino, Paula Baptista e do Palácio da Justiça, é importante reforçar esse ato.

 

Como se organizar?

  • Conversar com os colegas sobre a importância da campanha salarial;
  • Imprimir os materiais (links no final do texto);
  • Mobilizar os colegas para realizar ato em frente ao Fórum
  • Registrar o ato em frente ao seu fórum e/ou na sua unidade de trabalho, e enviar as fotos para o e-mail afacomunicacaocidada@gmail.com ou no grupo oficial do SINDJUD-PE no aplicativo de mensagens Telegram.

 

Clique aqui para fazer o donwload dos materiais

Cartaz “Alerta TJPE!”

Cartazes da campanha “É Justo?”

Comments

comments

Compartilhar