Fenajud repudia ato desesperado de Tribunal de Justiça de Tocantins

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

A Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário nos Estados (Fenajud), legítima representante de mais de 150 mil servidores em todo país, por meio de sua coordenação colegiada, vem a público repudiar à ação desesperada do Tribunal de Justiça do Estado de Tocantins direcionada ao presidente do Sinsjusto, sindicato da categoria local, Fabrício Ferreira. A entidade nacional tomou conhecimento na noite desta quarta-feira (29) de um boletim de ocorrência registrado pelo Tribunal por conta de faixas afixadas nos arredores do Fórum.

Alguns dos cartazes falavam sobre a URV dos Servidores e sobre a escassez de recursos do TJ. Como é de conhecimento de todos e todas, nos textos espalhados pelo ato constavam apenas a triste e real situação vivenciada pela categoria há anos.

Sendo assim, para a Fenajud o ato configura violação de direito de liberdade sindical e de direito à manifestação. Além de considerar a ação também um verdadeiro desrespeito à categoria – que teve coragem de expor a realidade nua e crua à sociedade e é asfixiada a cada dia por ações como esta.

A Fenajud lembra ao Tribunal que as frases foram expostas durante uma mobilização sindical, democrática e séria, por parte de servidores, nos quais montaram tenda e cobraram direitos à “alta gestão do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins”.

Verifica-se que o TJTO desconsidera o direito sagrado e universal de resistência consubstanciado no dever de resistir à ordens injustas emanadas do Estado, no caso de um dos braços do Estado.

Desse modo, a Federação declara total apoio ao sindicato e a categoria no estado. Defende ainda a manutenção da liberdade de expressão, seja ela em qualquer esfera e por todos os poderes. E acredita que apenas com unidade dos trabalhadores as irregularidades poderão ser combatidas.

A Fenajud estará ao lado dos trabalhadores de Tocantins na luta pela garantia de direitos, manutenção de conquistas e enfrentamento aos poderosos.

Juntos somos mais fortes!

Comments

comments

Compartilhar