A inclusão dos trabalhadores com deficiência é fundamental para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
ACTRAV INFO – A inclusão dos trabalhadores com deficiência é fundamental para a obtenção de empregos dignos e para a aplicação da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável (ODS), de acordo com as conclusões de um seminário organizado pelo Bureau para as Atividades dos Trabalhadores (ACTRAV) da OIT, de 11 a 15 de Março de 2019 em São Paulo (Brasil).

As pessoas com deficiência são a minoria mais importante a nível mundial, representando cerca de 15 por cento da população mundial. No entanto, as pessoas com deficiência são frequentemente vítimas de discriminação e os seus direitos são muitas vezes negados.

“Os empregos dignos, especialmente na organização de instituições inclusivas que seguem as convenções da OIT de 1987 e 1998, constituem um sistema virtuoso que derruba barreiras para todas as pessoas com deficiência, alinhado com o lema “ninguém fica para trás” da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e com o lema “nada sobre nós sem nós”, da Convenção das Nações Unidas relativa aos direitos das pessoas com deficiência”, declarou Carmen Benitez, especialista regional da ACTRAV para o continente americano.

Durante o seminário, os participantes das organizações sindicais partilharam boas práticas e definiram as estratégias mais eficazes na aplicação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

Os participantes organizaram atividades relativas à diversidade e à inclusão das pessoas com deficiência:

  • O lançamento do livro “Promovendo a Diversidade e a Inclusão Mediante Adaptações no Local de Trabalho – Um Guia Prático”;
  • Visita ao Memorial da Inclusão: os caminhos da pessoa com deficiência, organizada pelo Espaço da Cidadania, na presença da coordenadora Elza Ambrósio e do Secretário-Geral Adjunto Marco António Pellegrini.

Os participantes adotaram um documento de orientação com o objetivo de criar uma plataforma para que as organizações sindicais possam incluir trabalhadores com deficiência com base na agenda dos empregos dignos, através de um sistema tripartido com o objetivo de concretizar a Agenda 2030 e os seus Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

25 líderes sindicais filiados na Central Única dos Trabalhadores (CUT, Brasil), na Força Sindical, na UGT (União General dos Trabalhadores), na Global Federations Industriall, na Internacional dos Serviços Públicos, na IUF e nos sindicatos da construção civil participaram nesta atividade. A OIT contou com a participação de Carmen Benitez, especialista regional da ACTRAV, de Faustina Van Aperen, referente da ACTRAV relativamente à problemática dos empregos dignos para as pessoas com deficiência, de Maribel Batista, especialista sénior da ACTRAV para os países do Sul e o continente americano e de Thais Faria (OIT Brasil). Alguns representantes do CEDDIS-OAS, da UN Women, do Ministério do Trabalho (Brasil), da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (São Paulo), da rede patronal para a inclusão de pessoas com deficiência e da Laramara – Associação Brasileira de Assistência à Pessoa com Deficiência Visual participaram nesta atividade.

Para mais informações, contactar:

Maribel Batista
Especialista Sénior da ACTRAV para os países do Sul
Email 

Comments

comments

Compartilhar

Deixe uma resposta