SINDJUSTIÇA-CE: isonomia – publicada a portaria que beneficia grupo de servidores

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Na edição do Diário da Justiça dessa quarta-feira (06), o Tribunal de Justiça publicou a Portaria nº 1111/2018, que trata sobre as progressões de referências e as promoções de classes de um grupo de servidores, que encontravam-se em situação de inferioridade remuneratória, por não terem sido favorecidos com a implantação da isonomia.

Com a publicação da portaria, o TJCE termina por corrigir uma distorção que vem desde a aprovação da Lei da Isonomia, algo que termina por beneficiar um grupo de sete servidores, que até então não vinham usufruindo desta importante conquista. Foram beneficiados os seguintes servidores:

 

– Gláucio Almeida Freire

– Maria de Fátima Brito

– Ana Maria Souza da Silva

– Cremilda Gonçalves da Silva Lima

– Josefa Alves de Sousa

– Maria Aparecida Xavier de Oliveira

– Jacinta Ramos Magalhães Dantas

Vale dizer que a Diretoria Colegiada do SindJustiça Ceará acompanhou de perto o andamento deste pleito. O sindicato pautou essa questão em diversas negociações com a administração do Tribunal e em novembro de 2016 ingressou com Processo Administrativo nº 8522181-95.2016.8.06.0000, que deu origem a aprovação desta justa reivindicação. Em dezembro de 2017, acompanhado por um grupo de servidores, os diretores do SindJustiça realizaram reuniões com Deputados Estaduais, com vistas a garantir celeridade na aprovação do Projeto de Lei nº 14/18, que alterou dispositivos da Lei 15.645/2014, a chamada Lei da Isonomia.

A publicação da portaria, portanto, representa mais uma vitória daqueles que se colocam em movimento, cobrando a implantação de seus direitos e reivindicando melhores condições de trabalho e de vida. A Diretoria Colegiada do SindJustiça Ceará parabeniza todos os servidores que foram contemplados e, finalmente, serão enquadrados na Lei da Isonomia.

Comments

comments

Compartilhar

Deixe uma resposta