Nota pública – Fenajud esclarece categoria sobre posicionamento do Sinpojud

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

A Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário nos Estados (Fenajud) vem a público por meio desta nota, esclarecer a categoria sobre as informações infundadas – em relação ao X CONSEJU (Congresso da Fenajud), realizado entre os dias 7 e 9 de dezembro de 2017, em Curitiba – divulgadas pelo Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado da Bahia (Sinpojud), na tarde desta quarta-feira (28).

No conteúdo divulgado pela entidade, que é filiada à Fenajud, os seus diretores apontam alguns tópicos que precisam ser esclarecidos. Por exemplo, quando cita a Federação ao dizer que o Sindicato foi impedido de se expressar durante o Congresso. A Federação desmente esta informação e afirma categoricamente que preza pela democracia e respeito mútuo. Todos os delegados e delegadas, eleitos em suas bases, são testemunhas que todas as pessoas presentes tiveram voz. Além disso, podem constatar que o Estatuto – considerado a carta Magna da Federação – foi respeitado.

Em nenhum momento a participação do Sinpojud foi vetada. Os delegados da entidade se retiraram por conta própria do auditório, o que não impediu que o Congresso fosse finalizado pelos presentes.

Desde logo a Fenajud esclarece ainda que não adentrará nas questões eleitorais locais apontadas no documento, em virtude de ter como princípio estatutário e orientação ética e moral da nova diretoria a não interferência. Dito isso passa-se ao que toca a Federação.

A atual direção da Fenajud repudia qualquer tipo de tentativa de desmoralização da entidade e reitera que a posse e o mandato da Gestão Novo Tempo são legítimos. A justiça, inclusive já declarou isso em três decisões diferentes sobre o tema.

Por fim, a Federação espera que, após mais este episódio fatídico, os dirigentes sindicais possam compreender e respeitar o processo legítimo e aceitar a decisão de mais de dois terços dos delegados participantes do X CONSEJU.

Comments

comments

Compartilhar

Deixe uma resposta