Valorização do 1º grau norteia reunião entre Sindijus-PR e OAB Paraná

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

O investimento prioritário no 1º grau pautou reunião realizada nesta quinta-feira (15) entre o presidente da OAB Paraná, José Augusto Araújo de Noronha, e diretores do Sindijus-PR (Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Paraná). Os representantes do sindicato, Leandro Fonseca e Lucinei Guimarães, pleitearam o apoio da seccional em relação às demandas de contratação de mais servidores e de isonomia salarial e de tratamento entre o 1º e 2º grau, conforme previsto na Resolução 219 do CNJ.

Noronha lembrou que a valorização do 1º grau tem sido uma das principais bandeiras da OAB. “A advocacia quer funcionários nos cartórios, juízes nas varas, sentenças e audiências em prazos razoáveis, respeito às prerrogativas profissionais e aos nossos honorários. Queremos instalações adequadas e, principalmente, respeito à justiça”, sustentou

Leandro Fonseca pontuou que uma das principais preocupações do Sindijus-PR é a sobrecarga de trabalho. “Existe um volume muito grande de processos para poucos servidores. Muitos, inclusive, estão adoecendo por conta disso. Nós estamos cobrando a realização de um concurso público para que haja essa contratação”, pontuou Fonseca, frisando que o objetivo em relação aos pedidos é prestar um melhor serviço ao jurisdicionado, e também a valorização dos servidores.

Lucinei Guimarães enfatizou a situação dos oficiais de justiça de carreira e também dos oficiais da lei 16. 023, que trabalham com sobrecarga e prazo exíguo de cumprimento de mandados. “Pedimos que a OAB faça uma interlocução junto ao TJ-PR em relação à contratação destes servidores, dando ênfase, inclusive, ao concurso público que está por ser agendado”, disse.

Com informações da OAB/PR

Comments

comments

Compartilhar

Deixe uma resposta