Fenajud convoca sindicatos filiados para atos contra reforma da Previdência

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Presidentes e coordenadores(as) que participarão do Conselho de Representantes, em Brasília, deverão permanecer na capital até o dia 20 – quando possivelmente será votada a reforma no Congresso. Demais membros das entidades e suas bases deverão acompanhar atos nos estados.

 

Em consonância com a convocação feita pelas centrais sindicais, a Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário nos Estados (Fenajud) convoca os(as) presidentes e coordenadores(as) – que participarão do Conselho de Representantes, em Brasília, entre os dias 17 e 18 de fevereiro – a permanecerem na capital da República até o dia 20 do mesmo mês, com o objetivo de lutar contra a reforma da Previdência (PEC 287). A proposta está prevista para entrar na pauta da Câmara dos Deputados nesta data.

 

Os demais membros dos sindicatos e as sua bases deverão acompanhar os atos nos estados. A direção sugere ainda que as manifestações nas bases sejam realizadas nas ruas, nos locais de trabalho, assembleias legislativas ou nos Palácios de Governo, para mostrar a indignação do povo brasileiro contra todos esses ataques sofridos pelos trabalhadores e trabalhadoras.

 

A proposta de desmonte da Previdência Social apresentada pelo governo de Michel Temer (PMDB) e que deve ser votada ainda este mês, é perversa. E, ao contrário da propaganda do governo diz, não corta privilégios – como as altas aposentadorias dos parlamentares – ela ataca apenas a classe trabalhadora, principalmente as mulheres e os trabalhadores rurais. As categorias terão de trabalhar mais, ganhar menos e, se quiser receber o valor integral da aposentadoria, contribuir durante 49 anos.

 

 

Comments

comments

Compartilhar

Deixe uma resposta